ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato

SENSAÇÕES PASSAGEIRAS

Estou vivendo em ambientes estranhos dos quais eu não pertenço
mergulhando em águas desconhecidas quando minha natureza não é 'nadar'
as horas passam sugando minhas energias, o céu parece desabar,fico tenso
tentando terminar um quebra-cabeça quando eu não sou a peça certa que falta para encaixar

Quanto tempo posso viver num lugar do qual não faço parte?
indo atrás de aventuras percorrendo estradas escuras á procura do príncipe encantado
cruzando esquinas vazias á procura de alguém que transforme minha vida numa obra de arte
atravessando mares duvidosos em busca de amor com uma mãe do meu lado

Estou sorrindo,estou amando,estou vivendo,mas caminhando em trilhas opostas
por coisas que não tem valor e que se desfazem com o tempo caçando homens como se fossem ratos
dividindo meus dias de festa com pessoas que amanhã quando as luzes se apagarem vão me virar ás costas
deixando meus familiares guardados em álbuns e esquecidos em porta-retratos

A alegria das festas e dos agitos só sinto enquanto a música toca só enquanto eu danço
minha alma continua sozinha e doente vivo em multidões,mas não há um que me ofereça uma cura
será essa a história que vou contar para minhas paredes quando terminar numa cadeira de balanço
assistindo o pôr do sol esperando pela solidão de uma noite fria e escura






 
Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 02/12/2018
Alterado em 02/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários