ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato


ME AME COMO EU SOU

Adentre minha vida vazia de cores,mas não tente  mudar a cor das minhas paredes elas sempre serão escuras
abrace minha alma preta e branca,mas não tente colorir as nuvens acinzentadas que carrego dentro dela
não tente me mudar,não me peça para mudar,não queira fazer de mim como mais uma das suas pinturas
no final da história eu vou destruir todo o seu trabalho e toda sua obra colocando fogo na tela

Eu sou um mundo de 'ponta cabeça' não tente me colocar no lugar se adapte aos meus corredores distorcidos
se realmente me amar vai tentar se encaixar sem querer me forçar a mover um objeto se quer do lugar
de longe você verá os meus relâmpagos,de longe ouvirá os meus trovões por isso não venha tampando os ouvidos
não tente me silenciar ou me fazer parar eu sou feito de tempestades então não chegue achando que não vai se molhar

Adentre minha vida vazia de cores,mas não tente mudar a cor das minhas paredes elas sempre serão escuras
não desenhe em minhas portas, não tente pintar minhas janelas não aja como uma criança
não serei uma aquarela ambulante sendo que luto todos os dias para me adaptar a um mundo feito de rasuras
me aceite como eu sou, me ame como eu sou me peça amor,mas jamais diga a palavra 'mudança'
Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 21/11/2018
Alterado em 23/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários