ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato


ESPAÇO VAZIO

Eu tento lutar,eu tento resistir aos ataques da saudade que se dilatam quando o dia vai ficando escuro
minha alma ancorou n'algum lugar do passado e lá ficou seguindo as pegadas de alguém que amou muito um dia
mesmo assim prefiro não voltar atrás escolhi resistir aos ataques da saudade como um muro
perdendo tijolos criando mais espaços vazios,vazios de mim,vazios de poesia!

Estou esperando pelas ondas do tempo que tardam a chegar para apagar suas pegadas
até que isso não aconteça terei dentro de mim uma ilha vazia onde as lembranças adotaram como morada
ao escrever nas minhas páginas você colocou tanta intensidade nas mãos que as demais páginas ficaram marcadas
e eu me nego arrancar as folhas que carregam as marcas das palavras que sua alma escreveu por mim apaixonada

Mais um dia está se findando e eu não terei o seu abraço para me refugiar desse frio
beijo lábios lembrando dos seus beijos me iludo ao dormir e despertar com braços que não são seus
você se foi deixando não só um espaço vazio,mas o meu mundo vazio
marcado com suas pegadas que são seguidas todos os dias por uma alma que não queria ter dito 'adeus'

Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 11/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários