ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato


LUZ PRÓPRIA

A minha alma viveu muito tempo dentro de cavernas
dependendo da luz de velas que logo se derretiam e á deixavam no escuro
eu vivi muito tempo correndo atrás de 'luz' para superar crises internas
e mesmo quando encontrava eu continuava me sentindo inseguro

Minha vida é uma estrada onde a noite sempre foi infinita,mas eu queria andar na contra-mão!
as estrelas me privaram do seu brilho e o sol se negou a iluminar os meus dias
chegou o dia em que eu enfrentei medos e traumas e vencendo-os construi uma casa na escuridão
então eu descobri que podia criar minha própria luz começando a escrever poesias

Minha alma brilha na medida que vai escrevendo e a escuridão deixou de ser uma ameaça
não há sol e nem estrelas,mas a escuridão sorri enquanto você escreve,enquanto sua alma canta
todos tem uma luz em seu interior que permanece por amor que afugenta as trevas quando esta te abraça
sem depender de velas como a religião dizendo que para ter 'luz' é necessário ter uma vida santa

Erros e falhas não eram os motivos da minha escuridão isso é algo que a religião inventa
sou um ser humano,sujeito á fraquezas, feito de carne e carrego um coração
sempre há um instrumento de luz e o dom de poesia foi uma ferramenta
que um Deus por me amar do jeito que eu sou usou para trazer luz á minha escuridão!


 
Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 11/11/2018
Alterado em 11/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários