ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato


LEMBRANÇAS IMORTAIS

Peguei uma foto sua por acidente e ela me deu lágrimas com sabor de mar
o brilho dos seus olhos ainda está tão vivo no horizonte e ali ficará mesmo que eu não o veja mais
a saudade soprou como um vento e o passado agora era uma canoa a me guiar
me levando para as terras isoladas da minha alma onde nossas lembranças se fazem imortais

Minha alma por onde caminha tem carregado essa caixa de memórias
saimos para voar juntos chegamos tão alto,mas na primeira queda tudo ficou aos pedaços
minha mente se transformou numa gaveta onde guardo todas as nossas risadas,momentos e histórias
ali suas mãos ainda parecem segurar ás minhas nos separamos,mas minha alma ainda parece estar presa aos seus braços

As lembranças estarão sempre vivas cantando e citando versos em algum canto do meu pensar
mergulhei em outros beijos e sensações provando de águas que não possuem a mesma graça nem o mesmo gosto
peguei sua foto por acidente e por mais que resistisse era iminente não chorar
senti que naquele momento chorávamos juntos na medida que minhas lágrimas iam molhando o seu rosto
Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 01/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários