ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato

ELO

Minha alma agora é uma casa abandonada,portas e janelas fechadas,privada da luz do sol
onde os móveis cobertos pelo pó representam desejos e sentimentos meus
existe um baú especial o único objeto que eu tive o cuidado de cobrir com um lençol
lá dentro eu guardo todos os sonhos e momentos que eu vivi com Deus

Minha alma agora é uma casa abandonada,cômodos esquecidos assombrados por memórias vazias
erros e falhas como roedores percorrem meus corredores amenizando a solidão do abandono
seus ruídos vão se misturando com os gemidos das paredes que choram e sangram todos os dias
estão sentindo falta da presença do verdadeiro e único dono!

Minha alma agora é uma casa abandonada,sopram os ventos e caem as tempestades,mas ela continua de pé
ela não quer expor suas rachaduras para não atrair aqueles que fingem amá-la dizendo que se importa
deseja ficar sozinha com seu silêncio nutrindo a imortal esperança e fé
de um dia voltar a ver a presença de Deus passar pela sua porta

Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 28/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários