ERIC LEITE
MINHAS PROFUNDAS CONFISSÕES
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos PerfilPerfil ContatoContato


ÊXTASE DA TRANSFORMAÇÃO

Eu era como uma lagarta me rastejando por atenção presa numa natureza pequena e indefesa
perdida num mundo de gigantes que carregavam corações insensíveis
'dependência de atenção' que na verdade era um tipo de fraqueza
que me fez acreditar em amigos que não existiam e em fortalezas invisíveis

Na medida que fui me transformando fraquezas foram sendo deixadas para trás o que me fez bem
a solidão me fechou como um casulo onde a minha face era a única confiável e verdadeira
e de longe espiando por uma pequena fresta pude conhecer quem era quem
e o tempo que levei naquele casulo me fez enxergar a vida e as pessoas de uma outra maneira

Fases que passaram,muitas coisas mudaram e eu já não vivo mais as mesmas dores
adquiri experiência e sabedoria que me ajudam a ler as páginas da alma de alguém
cheguei no fim da metamorfose! sou uma borboleta voando em busca das próprias flores
sem correr o risco de me enganar, sem esperar ou depender da ajuda de nada ou de ninguém!

Ainda há muita estrada pela frente,mas agora não estou mais sozinho vou carregando comigo lições que aprendi
não é sobre ter crescido,ter me fortalecido,ter mudado,não é sobre evolução!
é sobre olhar para trás e recordar tudo o que eu vivi,sofri,mas VENCI
e esse caro leitor é o maior êxtase de uma transformação!


 
Eric Leite
Enviado por Eric Leite em 27/10/2018
Alterado em 27/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários