ERIC LEITE
PALAVRAS DA ALMA DESPIDAS EM VERSOS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil ContatoContato

POESIA MOLHADA
as palavras navegam no mar
que sobre a poesia se formou
meus sentimentos ás ondas parecem se entregar
foi inevitável! a poesia se molhou!

a alegria sobre ela esta se afogando
brada por socorro, clama por salvação
a vida aos poucos vai se acabando
ondas bravias que vão chibatando o coração

naufragou ali o barco da minha alma
estou certo que não poderei encontra-la
a poesia se afligiu em águas perdendo a calma
entre as vagas da tristeza terei que abandona-la

tudo por que a poesia se molhou!
e por que insistiu em navegar entre as tristezas?
num encontro de águas se formou
palavras e sentimentos inundados por correntezas

assim se finda, assim acaba quando uma poesia termina molhada
é como uma onda que vem e tudo vai levando
ela sempre vai acabar inundada
por que toda vez que escrevo ao mesmo tempo vou chorando
Eric Leite (Dreamy Butterfly)
Enviado por Eric Leite (Dreamy Butterfly) em 09/10/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários